quinta-feira, 9 de maio de 2013

Comunicação

Neste fim de semana (12/05) comemora-se o 47 Dia Mundial das Comunicações com o tema: "Redes sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização e também acontece a abertura da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.

Na Festa da Ascensão do Senhor, na volta de Cristo ao Pai, tocamos no tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais. Estamos numa cultura que se prima por comunicar de forma toda especializada e perfeita. Apesar do individualismo, as pessoas estão, a todo momento, conectadas, principalmente no caminho virtual. Os meios, os instrumentos estão, cada vez mais, marcantes na vida das pessoas.
Outro tema de importância neste tempo é a abertura da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Os Meios de Comunicação Social precisam contribuir para a unidade das pessoas. A força da comunicação deve ser caminho de aproximação dos indivíduos, não provocando violência, incentivo aos vícios e destruição dos valores que dão segurança para o povo. Eles precisam contribuir com uma paz sustentável.
Dizemos que o Espírito Santo é o comunicador de Deus Pai. Cumprido sua missão na terra, Jesus retornando ao céu, comunica à Igreja, como ação de sabedoria divina, Aquele que seria o laço de comunicar, o Espírito Santo. É Aquele que conduz e orienta o itinerário da Igreja, tendo como meta, a construção do Reino de Deus. É a forma de Cristo continuar presente na história da Igreja até o fim dos tempos.
Temos os nossos instintos e meios materiais de comunicação, de criar laços fraternos. Quando mal usados, podem prejudicar a unidade. É o caso, por exemplo, da força da palavra, do uso da língua mal intencionada e destruidora do espírito de convergência. A forma como usamos as redes sociais, como força de comunicar dos novos tempos, pode ser bom instrumento de unidade.
Lembramos também as nossas mães, geradoras de vida e de formação básica para seus filhos. Queremos parabenizá-las, principalmente àquelas que assumem seu papel de educar com responsabilidade, preparando os filhos para enfrentar os desafios que o mundo vem oferecendo, especialmente para a juventude. Elas são verdadeiras comunicadoras dos princípios do Evangelho tanto cristãos como também cidadãos da nova cultura. Que Deus as abençoe e as cubra de forças para cumprir a missão que lhes é confiada.

Fonte: Dom Paulo Mendes Peixoto -Arcebispo de Uberaba (MG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário